Quarta, 14 de Abril de 2021
35 99846-1246
Gerais Você saberia?

E se eu te pedir para citar os nomes de grandes cientistas mulheres...

A resposta é: depende só de você.

11/03/2021 11h36
1.360
Por: Primeira Leitura | Redação Fonte: Carol Martuscelli
Mulheres na ciência (Imagem: Na Prática/ Reprodução).
Mulheres na ciência (Imagem: Na Prática/ Reprodução).

Mas acredite, a maioria das pessoas sabem citar e conhecem a obra de homens na ciência como Newton, Einstein e Darwin e Stephen Hawking e não conhece o trabalho das mulheres. Mas como estamos em uma semana de celebração às Mulheres, vim apresentar a vocês grandes cientistas que mudaram o rumo da nossa história através de seus trabalhos e muitas vezes nós não as conhecemos. Então, vamos lá?

Ada Lovelace

Ada Lovelace

Ada Lovelace, viveu entre 1815 e 1852 e é reconhecida como a primeira programadora de computadores, muito antes dos computadores modernos serem inventados. Seus estudos sobre a máquina analítica de Charles Babbage (um computador programável para usos genéricos) é considerado o primeiro algoritmo para computação do mundo.

Sua contribuição foi tão impactante que a programadora é lembrada anualmente no Dia Ada Lovelace, comemorado na segunda terça-feira de outubro. O dia internacional celebra as mulheres nos campos da ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM).

 

Marie Curie

Marie Curie

A descoberta mais importante de Marie Curie, que viveu entre 1867 e 1934,  foi a descoberta da radioatividade o que levou à invenção do raio-x móvel, que foi usado durante a I Guerra Mundial. Com seu marido, Pierre, Marie também descobriu os elementos radioativos polônio e rádio – e desenvolveu técnicas que permitem isolar isótopos radioativos. Em 1903, ela foi a primeira mulher a receber um Prêmio Nobel. Depois de receber o Prêmio Nobel de Física, ela recebeu um Prêmio Nobel de Química e se tornou a primeira pessoa na história a receber duas premiações.

 

 

 

Katherine Johnson

Katherine Johnson

Nascida em 1918, a física, cientista espacial e matemática Katherine Johnson ajudou a confirmar a precisão dos computadores eletrônicos usados pela NASA, além de ter realizado cálculos críticos que garantiram viagens espaciais seguras a partir dos anos 1950.

Ela é coautora de um relatório de pesquisa que usou equações para voos espaciais orbitais em 1960 e também responsável ela análise de trajetória para o primeiro voo espacial humano, em 1961.

 

 

Rosalind Franklin

Rosalind Franklin

A britânica Rosalind Franklin nascida em 1920 foi uma química que fez importantes descobertas para o entendimento das estruturas moleculares do DNA, RNA, vírus, carvão mineral e grafite.

Seu relevante trabalho foi bem aceito durante sua vida, porém após sua morte (1958), suas descobertas foram ganhando notoriedade. Ela morreu quatro anos antes dos seus colegas cientistas receberem o Prêmio Nobel pela descoberta da dupla estrutura em hélice do DNA. Hoje ela é sem dúvida, reconhecida como um dos cientistas mais importantes para a história da biologia. 

 

 

Gladys West

Gladys West

O trabalho de Gladys, nascida em 1930,  sobre o modelo matemático do formato do planeta Terra serviu como base para que a tecnologia de GPS pudesse ser desenvolvida. Em 2018, ela ganhou um lugar no Hall da Fama da Força Aérea Americana, uma das maiores honras que alguém pode receber da instituição.

 

 

 

Margaret Hamilton

Margaret Hamilton

É uma cientista de computação e engenheira, nascida em 1936, que liderou a Divisão de Engenharia de Software do Laboratório de Instrumentação do MIT. De acordo com a NASA, Hamilton é responsável por cunhar o hoje popular termo “engenharia de software”.

Hamilton trabalhou no desenvolvimento do programa para a Apollo 11, primeira espaçonave a completar uma viagem para a Lua, em 1969. Especialistas creditam o sucesso da missão – e a segurança dos astronautas – à insistência da cientista da computação em realizar inúmeros testes.

 

Françoise Barré-Sinoussi

Françoise Barré-Sinoussi

Ela é uma francesa, nascida em 1947, e é uma das responsáveis pela descoberta do vírus de imunodeficiência humana (HIV) como a causa da doença, que já chegou a matar mais de 35 milhões de pessoas. O feito rendeu à pesquisadora o Prêmio Nobel em Fisiologia e Medicina. Ela também já ocupou o cargo de Presidente da Sociedade Internacional para a AIDS de 2012 a 2016.

Além do Prêmio Nobel, ela recebeu mais seis honrarias internacional, além do título honorário de Doutora das Ciências da Universidade de Tulane do título honorário de Doutora em Medicina da Universidade de New South Wales.

 

Jennifer Doudna

Jennifer Doudna

Nobel de Química de 2020, Jennifer Doudna, nascida em 1964, é bioquímica e bióloga molecular, além de ser uma das maiores cientistas da atualidade e ela também é professora da Universidade da Califórnia em Berkeley. 

Junto com Emmanuelle Charpentier, ela foi laureada pelo “pelo desenvolvimento de um método de edição de genoma”. A técnica permite que seja possível fazer edições ultra-precisas no DNA das células, isso poderia ajudar a curar deformidades genéticas e doenças – incluindo câncer . Além disso, estudos demonstraram que a tecnologia pode ser usada curar doenças celulares antes consideradas incuráveis. Entre elas, por exemplo, alterando DNA do vírus HIV em células humanas.

 

E você já conhecia alguma delas? Conte-me aqui embaixo. 

Agora que você conheceu alguns dos grandes nomes femininos da ciência, não deixe de buscar e conhecer mais a fundo o trabalho delas e de outras grandes mulheres que tem produzido conhecimento através de seus estudos em diversas áreas do saber. 

 

*Coluna Ciência E Tecnologia. Primeira Leitura. | Texto escrito por Carol Martuscelli. Todos os direitos reservados.

**O texto é de responsabilidade do autor e não representa a opinião do Primeira Leitura. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Sobre CIÊNCIA E TECNOLOGIA
A Coluna destaca uma posição significativa da ciência e da tecnologia no cenário brasileiro e internacional. Carolina Martuscelli é Engenheira Industrial Mecânica e Mestre em Engenharia Mecânica pela UFSJ, Doutoranda em Engenharia Civil (Ecomateriais) na Universidade do Minho, Portugal; além de Professora Assistente na UFVJM (Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri).
Campo Belo - MG
Atualizado às 02h01 - Fonte: Climatempo
18°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 26°

18° Sensação
17.3 km/h Vento
88.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (15/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Sexta (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Mais lidas
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias