Segunda, 23 de Novembro de 2020
35 99846-1246
Gerais Ideia fluir

Temos algum motivo para sonhar?

Este é o décimo sexto artigo da série Reflexões – uma vida em movimento, escrito exclusivamente para o Primeira Leitura.

14/09/2020 11h11 Atualizada há 2 meses
1.206
Por: Primeira Leitura | Redação Fonte: Inaê Leandro
Sonho azul, azul da cor do mar (Imagem: Pixabay)
Sonho azul, azul da cor do mar (Imagem: Pixabay)

Todos têm momentos que parece que ascende uma lâmpada e uma nova ideia aparece. Esses momentos em minha vida quase sempre acontecem enquanto cozinho. Cozinhar está na lista de coisas que gosto de fazer, porque me ajuda a desligar do mundo real e sonhar um pouco.

Aliás, esse é o nosso assunto de hoje... Temos algum motivo para sonhar?

Estava cozinhando, ouvindo Tim Maia. A música que sempre ouvi naquele momento me chamou atenção de um jeito diferente. 

Lançada em 1970 a canção “Azul da cor do mar”, faz parte da vida de muita gente, inclusive de muitos que sequer eram nascidos naquela época, como eu.

Talvez isso seja explicado pela profundidade de seus versos, que são apresentados ora felizes e ora tristes, como as nossas vidas reais. 

Todos têm momentos que tal como a música diz é preciso pelo menos achar razão para viver e ver na vida algum motivo para sonhar.

E a pergunta que proponho hoje é: temos algum motivo para sonhar?

A resposta talvez seja um grande depende. Há de se fazer as perguntas necessárias para encontrar a resposta. É certo que o caminho até a resposta não é tarefa fácil, todavia, não impossível.

Aqueles que já trilharam a longa jornada do autoconhecimento encontraram respostas em sua maioria positivas. Porém, há outros que não encontraram respostas e outros ainda que não encontraram respostas positivas...

Em ambos os grupos, estão os que desistiram de buscar um sentido e alguns que desistiram da vida por não verem sentido algum. 

O suicídio é algo profundo, principalmente para aqueles que já tiveram essa nuvem negra em suas vidas em algum momento, através de pensamentos ou mesmo ações. É também difícil para aqueles que assistiram seus familiares partirem por um suicídio. 

É uma resposta para muitos. E quem somos nós para julgá-los?!

Aos que aqui ainda estão, seria interessante sempre lembrar que há uma razão para viver e que na vida, podemos e devemos ter motivos para sonhar!

A vida pode estar sendo pesada (e ela de fato está), “mas quem sofre sempre tem que procurar pelo menos vir achar razão para viver... Ver na vida algum motivo para sonhar. Ter um sonho todo azul, azul da cor do mar.”

Faço-lhes um convite de sonhar. Sim, sonhar. Tenham sempre em mente seus sonhos, trabalhem por eles com afinco e não deixem que o barulho do mundo, atrapalhe seu silêncio. 

Após esse convite que eu espero que você tenha aceitado, escute essa música. Porém, ouça com o coração... Vejo vocês em breve!

 

*Coluna Re-Pense. Primeira Leitura. | Texto escrito por Inaê Leandro. Todos os direitos reservados.

**O texto é de responsabilidade do autor e não representa a opinião do Primeira Leitura.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
RE-PENSE
Sobre RE-PENSE
Blog autoral de reflexões pessoais. Inaê Leandro é campo-belense e foi finalista do Prêmio Jovem Senador, do Senado Federal, em 2013. É formada em Administração e fez o curso técnico em Segurança do Trabalho. Possui MBA em Economia Financeira e é autora de dois livros: Eu Construtor de Mim (2016) e rePENSe (2018). Foi escritora e tradutora da More Good Foundation no Brasil por mais de 3 anos. Atualmente escreve para o Family Search no Brasil e ainda é Ciclista, praticante de Yoga e meditação.
Campo Belo - MG
Atualizado às 21h35 - Fonte: Climatempo
22°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 27°

22° Sensação
17.5 km/h Vento
74.9% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (24/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (25/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias