Sábado, 28 de Novembro de 2020
35 99846-1246
Gerais Conversa Digital

O desintoxicar das informações

O mundo parou e com ele a nossa vida acelerada também precisou desacelerar.

05/07/2020 13h28
404
Por: Primeira Leitura | Redação Fonte: Polyana Martins
No WiFi - sem conexão (Imagem: Pixabay)
No WiFi - sem conexão (Imagem: Pixabay)

O despertador toca, você acorda, com uma sensação de exaustão, cansada e com um turbilhão de sentimentos ruins, mesmo após ter dormido plenamente oito horas de sono? O que será que pode ser?

Esse é um assunto que muito converso por aqui, pois é algo que acredito ser uma questão que assombra muitas pessoas: a realidade digital.

Uma realidade que está integrada ao nosso cotidiano, principalmente, no atual cenário em que estamos vivendo, o qual se tornou mais digitalizado. Com isso, recebemos informações demasiadas, algumas delas construtivas e outras muito negativas, e estas tendem a nos envolver por completo.

Você deve estar se perguntando, o que tem a ver uma coisa com a outra? Acordar cansado e mais uma vez essa conversa de digital?

A questão é que tem tudo a ver. O mundo parou e com ele a nossa vida acelerada também precisou desacelerar (isso, digo para alguns - porque para os nossos colegas e profissionais da linha de frente, a demanda aumentou e muito). No começo do home office, mais propriamente no primeiro mês, eu me senti leve. Pois, o vai e vem do trabalho, a ida e vinda da faculdade, tanto na TV como nos estudos, a agitação era constante.

Depois, o home office foi pesando, tudo novo, muito trabalho, porém, mais leve. Mas, chegou um tempo, o qual eu precisei podar algumas coisas antigas que eu trazia da rotina anterior como o dormir tarde e o atualização constante das redes e o relaxamento por estar em casa. As noites foram ficando mais frias por aqui, a dificuldade para dormir foi ganhando força, a ansiedade, e as ideias para a produção de conteúdo sempre ali me rondando justamente naquele momento em que eu precisava desligar e descansar. Senti que era hora de mudar e me ofertar uma boa qualidade de vida.

Mas porque tudo isso?

Como hoje muitos de nós, temos a necessidade de nos mantermos frente às telas do computador ou do celular o dia todo, preocupados com mensagens que iremos receber, com os feedbacks do trabalho, a nossa mente se mantém ativa por muito tempo.

E como nós também estamos passando por um momento que requer adaptação, acaba que o nosso corpo ainda não se adequou a essas mudanças. E, na busca do entendimento do que está acontecendo, pode ser que sentimos essa exaustão. É como se estivéssemos saindo do modo automático. Já ouviu falar sobre isso?

O modo automático é quando a nossa rotina vira rotina. Você já não exercita mais a mente, e as ações e atitudes se tornam automáticas, como por exemplo, a hora de acordar e dormir.

Mas, é aí, como buscar uma melhoria? Sabe o que eu fiz? Aprendi a olhar para mim mesmo, e me policiei para não ficar olhando a todo o momento no celular, para verificar se havia alguma notificação. Duas horas antes de ir para a cama, eu desabilito o wifi e o 4G. Quem precisar e não puder esperar, irá ligar. Só me conecto no dia seguinte, uma hora antes de entrar no meu trabalho. Durante, esse tempo, não leio mais notícias à noite, e também aprendi a colocar filtros na minha vida online, o que eu leio influencia muito no meu sono e no meu descanso. Informações, somente no período da manhã, tendo assim, o restante do dia para absorvê-las e digeri-las.

O resultado? Uma paz interior. De quem já sabe o que isso significa, antes do mundo se tornar digital. Consigo focar (o que um dos males do nosso tempo presente) ao fazer a leitura do meu livro e mergulhar profundamente. O tempo rende. Você se acalma e adormece.

Vamos nos desintoxicar de informações para melhor vivermos?

Aproveite o seu tempo. Aproveite a oportunidade do tempo presente para se redescobrir e faça de você mesmo a sua melhor companhia. Cuide de você!

 

*Coluna Fora da Caixinha. Primeira Leitura. | Texto escrito por Polyana Martins. Todos os direitos reservados.

**O texto é de responsabilidade do autor e não representa a opinião do Primeira Leitura.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
FORA DA CAIXINHA
Sobre FORA DA CAIXINHA
O blog possui espaço autoral de Polyana Martins, que é campo-belense e jornalista. Tem 26 anos e atua como produtora e diretora de programas na TV Canção Nova, na cidade de Cachoeira Paulista/ SP. É apaixonada por comunicação e escreverá sobre comportamento.
Campo Belo - MG
Atualizado às 19h38 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 31°

27° Sensação
12 km/h Vento
55.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (29/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Segunda (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias