Segunda, 23 de Novembro de 2020
35 99846-1246
Esporte Futebol

Crise sem fim

A situação financeira dos clubes brasileiros não é das melhores e isso já vem há muito tempo.

28/06/2020 10h22 Atualizada há 5 meses
209
Por: Primeira Leitura | Redação Fonte: Athos Oliveira
Sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na Barra da Tijuca (Imagem: Lucas Figueiredo - CBF/ Reprodução)
Sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na Barra da Tijuca (Imagem: Lucas Figueiredo - CBF/ Reprodução)

No decorrer de uma competição, um clube que já é condicionado pela sua grandeza possui várias derrotas e consequentemente é rebaixado para uma outra divisão e aí muitas questões são reveladas, dentre elas, a saúde financeira.

O atual problema visto é do Cruzeiro que sofre cobranças e mais cobranças por dividas referentes a jogadores que ultrapassam a casa de 50 milhões na Fifa. O clube chegou a perder pontos na serie B sem mesmo ter iniciado a competição - começará o torneio com menos seis pontos -, e pode até cair para a terceira divisão do brasileiro se as dividas não forem quitadas.

Outras crises nos grandes clubes da primeira divisão acabaram por gerar o descenso a série B. Em 2007, o Corinthians sob direção de Alberto Dualib, por exemplo, quando foi rebaixado também passou por problemas como lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. O Internacional, em 2011, também caiu por incompetência administrativa da qual sequer deu para trazer grandes atletas ao clube nos anos recorrentes.

As dívidas dos clubes de todos que estão na serie A chega a beirar a casa dos bilhões. O que se pode ver em meio a isso é que em sua maioria, os clubes apostam muito nos patrocinadores e grandes empresas para os ajudarem a manter estabilidade financeira, como também contar com trabalhos eficazes para a revelação de  jogadores na base a fim de levantar dinheiro com as transações internacionais.

Mas o maior problema, se não o pior, é comprar atletas acima das condições financeira do clube. Tal irresponsabilidade administrativa dos cartolas gera ainda mais problemas internos. Assim, em meio a todas as questões que envolvem o financeiro dos clubes, o primeiro responsável sempre será o presidente que mancha a história de um clube, seja da divisão que for. Responsabilidade e pé no chão é o que o futebol brasileiro precisa!

 

*Coluna Joga y Joga!. Primeira Leitura. | Texto escrito por Athos Oliveira. Todos os direitos reservados.

**O texto é de responsabilidade do autor e não representa a opinião do Primeira Leitura.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
JOGA Y JOGA!
Sobre JOGA Y JOGA!
Coluna dedicada ao esporte regional, estadual e por vezes nacional/ internacional. Athos Sena é campo-belense e estudante de Jornalismo da Faculdade Canção Nova. Acompanha modalidades esportivas desde criança e, hoje, já realizou produções jornalísticas esportivas. Participou ainda de cursos que envolvem assessoria esportiva.
Campo Belo - MG
Atualizado às 21h35 - Fonte: Climatempo
22°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 27°

22° Sensação
17.5 km/h Vento
74.9% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (24/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (25/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias